Ritalina Emagrece, Funciona mesmo? Efeitos Colaterais – Para que Serve

Ritalina Emagrece, Funciona mesmo? Efeitos Colaterais – Para que Serve.

Ritalina emagrece, é um estimulante usado para tratar o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e a narcolepsia.

Afeta as partes do cérebro e do sistema nervoso central que controlam a hiperatividade e os impulsos.

Ritalina é um dos nomes comerciais do medicamento conhecido como metilfenidato.

Ritalina Emagrece

Ritalina é prescrita para adultos e crianças portadores de transtorno de deficit de atenção e hiperatividade.

Por ser uma anfetamina, A Ritalina pode causar dependência, se usado de forma inadequada.

Ritalina Emagrece, Funciona mesmo?

Muitas pessoas estao usando a ritalina para tentar emagrecer – É um dos efeitos colaterais da Ritalina, descrito na bula.

No mundo todo, estudantes estão trocando o tradicional café com cigarro pelo remédio.

Por falta de maiores estudos a longo prazo, essa situação tem incomodado muitos médicos.

Por isso, antes de consumir a medicação, é importante compreender como ela funciona e por que nem todos podem tomá-la.

Não deve ser usada em pacientes em uso de tranilcipromina ou equivalente.

Pacientes com arritmias cardíacas, com a síndrome de Tourette, tambem nao podem.

Em pacientes psicóticos, com distúrbios de movimentos e com problemas na produção de células sanguíneas também não podem tomar.

Ritalina Emagrece, Funciona mesmo

Converse com seu médico sobre se você é adequado para o medicamento. 

Além disso, sempre tome medicamentos na quantidade exata prescrita pelo seu médico. 

Existem muitos pontos fortes de dosagem diferentes, dependendo de você estar tomando comprimidos de liberação imediata, comprimidos de liberação prolongada ou cápsulas de liberação prolongada.

Informe o seu médico sobre quais outros medicamentos você está tomando antes de iniciar o tratamento com Ritalina. (Ritalina Emagrece)

Você não deve tomar Ritalina se for alérgico ao medicamento.

Além disso, se você tem glaucoma, sintomas de Tourette, histórico de tiques musculares, não deve tomar Ritalina. 

A droga também pode piorar ainda mais os sintomas de ansiedade ou agitação graves. 

Converse também com seu médico se tiver problemas cardíacos, pressão alta, convulsões, problemas de circulação, histórico de doença mental.

Como depressão ou transtorno bipolar, ou histórico de problemas de uso de substâncias.

A dosagem varia de acordo com o tipo de comprimido (instantâneo, sustentado ou de ação prolongada), bem como a idade do destinatário e a condição a ser tratada.

O tempo dos efeitos depende do tipo de comprimido (instantâneo, sustentado ou de ação prolongada), bem como da dosagem

A versão de liberação rápida normalmente leva de 30 a 45 minutos para o início dos efeitos, e os efeitos podem durar até oito horas.

Quais são os efeitos colaterais da Ritalina?

Estes são os efeitos colaterais mais comuns relatados por pessoas que tomam Ritalin:

  • dor de cabeça
  • náusea
  • vômito
  • insônia
  • diminuição do apetite
  • boca seca.

Os principais efeitos colaterais devem ser relatados ao seu médico imediatamente e podem incluir batimentos cardíacos acelerados, dor nas articulações, erupção cutânea, febre, fezes negras, sangue na urina, visão turva, cãibras musculares, explosões vocais, hematomas incomuns ou descamação da pele.

Existem efeitos colaterais psiquiátricos decorrentes do uso de Ritalin?

As pessoas que tomam Ritalina podem sentir ansiedade e irritabilidade.

A ritalina pode criar hábitos, pois os usuários podem desenvolver uma tolerância ao medicamento ao longo do tempo. 

Às vezes, a droga é abusada pelos alunos para se concentrar por longos períodos de tempo. 

Certifique-se de acompanhar a medicação e nunca tome mais do que o prescrito. 

É ilegal dar ou vender o medicamento a outras pessoas. 

" " " "

Converse com seu médico se você tem um histórico passado de dependência de substâncias antes de iniciar a terapia com Ritalina.

Ritalina

A ritalina pode ser mal utilizada e isso traz o risco de efeitos colaterais mais graves em todo o corpo. 

Só deve ser utilizado com supervisão médica.

A ritalina influencia a atividade da dopamina e da noradrenalina no seu cérebro.

A dopamina é um neurotransmissor que afeta o prazer, o movimento e o tempo de atenção. A norepinefrina é um estimulante.

A ritalina pode facilitar a concentração, a sensação de inquietação e o controle das ações.

Você também pode achar mais fácil ouvir e se concentrar no seu trabalho ou na escola.

Os sintomas de abstinência incluem problemas de sono, fadiga e depressão. 

É melhor diminuir lentamente e sob os cuidados de um médico.

Quando mal utilizados, estimulantes como o Ritalin podem causar sentimentos de paranóia e hostilidade.

Doses muito altas podem levar a:

  • tremores ou tremores graves
  • mudanca de humor
  • confusão
  • delírios ou alucinações
  • convulsões

Ritalina pode causar problemas de circulação. 

Os dedos das mãos e dos pés podem sentir frio e dor, e a pele pode ficar azul ou vermelha.

O uso de Ritalina está ligado à doença vascular periférica , incluindo a doença de Raynaud . 

Se você tomar Ritalina e tiver problemas circulatórios, informe o seu médico.

Os estimulantes também podem aumentar a temperatura do corpo, a pressão arterial e a frequência cardíaca. 

Você pode se sentir nervoso e irritado. 

Isso geralmente não é um problema a curto prazo, mas você deve fazer exames regulares para verificar sua frequência cardíaca e pressão arterial.

Os estimulantes devem ser tomados com cautela se você tiver pressão arterial pré-existente ou problemas cardíacos. 

Ritalina pode aumentar o risco de ataque cardíaco e derrame.

Ocorreram casos raros de morte súbita em pessoas com anormalidades estruturais do coração.

O uso indevido de estimulantes esmagando comprimidos e injetando-os pode levar a vasos sanguíneos bloqueados. 

Uma overdose pode levar a pressão arterial perigosamente alta ou batimentos cardíacos irregulares.

Altas doses também podem levar a complicações com risco de vida, como insuficiência cardíaca, convulsões e temperatura corporal significativamente alta.

A ritalina emagrece, pode reduzir o apetite em algumas pessoas.

Outros efeitos colaterais incluem dor de estômago e náusea.

O uso indevido deste medicamento também pode causar vômitos, dor abdominal e diarréia.

Com o tempo, o uso indevido de Ritalina pode levar à desnutrição e a problemas de saúde relacionados.

Também pode levar à perda de peso não intencional.

Sistema respiratório

Quando tomado como prescrito, o Ritalin geralmente não causa problemas no sistema respiratório.

No início, porém, a Ritalina pode aumentar ligeiramente a respiração e também abrir as vias aéreas. 

Tais efeitos são temporários e desaparecem após alguns dias, quando o corpo se acostumar a uma nova prescrição ou dosagem.

No entanto, doses muito altas ou uso indevido a longo prazo podem causar respiração irregular. 

Os problemas respiratórios devem sempre ser considerados uma emergência médica.

Sistemas musculares e esqueléticos

Quando você começa a tomar Ritalin pela primeira vez, pode experimentar um humor melhorado e quase uma sensação de euforia. 

Isso pode se traduzir em atividades físicas diárias que são mais fáceis de realizar.

A longo prazo, a Ritalina pode causar complicações músculo-esqueléticas quando mal utilizada ou tomada em doses muito grandes.

Tais casos podem levar a dores e fraquezas musculares, além de dores nas articulações.

Compartilhar:

5 thoughts on “Ritalina Emagrece, Funciona mesmo? Efeitos Colaterais – Para que Serve

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *